(67) 3325-1333

impacto@impactoturismo.com.br

Pacote Pantanal – Observação de Aves

ROTEIRO

A vetação exuberante, a diversidade de sons, cores vibrantes e a abundância de vida, se juntam para criar um dos cenários mais espetaculares do Pantanal: a coexistência de centenas de espécies de mamíferos, aves, répteis, anfíbios, peixes, artrópodes, e toda a flora, convivendo na mesma região.
De longe, o vertebrado mais comum que você encontrará em sua visita no Pantanal são as aves. Em um estudo recente, pesquisadores revisaram a lista de aves do Pantanal, considerando somente a planície alagável, e encontraram um total de 463 espécies de aves, sendo que 117 destas são consideradas em perigo num status estadual ou nacional, e 9 delas estão na lista global de espécies ameaçadas.

No Refúgio Ecológico Caiman, você pode desfrutar da observação de aves com guias naturalistas especializados e bem equipados, que lhes levarão aos lugares onde estão as aves mais impressionantes. Até o momento já foram observadas 359 espécies de aves, incluindo algumas espécies bandeiras, tais como a Arara-azul, o Caboclinho-do-papo-branco, o Urubu-rei e o Papagaio-galego.

Abaixo encontra-se um breve descritivo demonstrando como seriam 05 dias observando aves no Refúgio Ecológico Caiman. É importante lembrar que a riqueza de espécies varia de acordo com as estações do ano (Cheia e Seca).

Os hóspedes começarão a se familiarizar com as espécies mais comuns através de uma caminhada introdutória a procura por algumas espécies-chaves, incluindo o símbolo do Pantanal, o Tuiuiú, mas também a Curicaca-de-pescoço-amarelo, a Curicaca-pantaneira, Ema, Saracura-três-potes, Quero-quero, Arancuã-do-Pantanal, Gavião-caramujeiro, Gaviãozinho-carijó, a incrível Arara-azul (bastante comum aqui), Periquitos Príncipe-negro e Caturrita, Tucano-toco e muitos outros. Com um pouco mais de procura, podemos ainda ver o Arapapá, a Garça-real, o Colhereiro, Frango-d’agua-pequeno, Picaparra, Jaó e Nambus, Urubu-rei, Corruíra-do-mato-grosso, Acauã, e o Gavião-da-cabeça-cinza.
Pode-se adicionar algumas espécies com distribuição um pouco mais restrita, como a Choca-do-mato-grosso, o Arapaçu-do-campo, Periquitinho-da-serra, Pica-pau-velho e o super especial Pica-pau-da-testa-branca. Outras espécies em destaque estão: Beija-flor-dourado, Beija-flor-tesoura, Coruja-murucututu, Mãe-da-lua-gigante, Surucuá-de-corôa-azul, Martin-pescador-da-mata, juntamente com as outras 4 espécies encontradas na América do Sul, Araçari-da-nuca-castanha, Japuíra e muitos outros. Uma estadia típica de cinco dias e quatro noites geralmente possibilita a chance de observar entre 180 e 200 espécies diferentes de aves.

Guias de observação de aves – Uma vez que a observação de aves é uma das atividades mais atraentes do Pantanal, o Refúgio Ecológico Caiman enfatiza a identificação de aves como um dos principais conhecimentos dos guias naturalistas. Um dos guias do hotel merece um reconhecimento especial. Victor do Nascimento nasceu no Pantanal há 35 anos. Ele começou trabalhando na fazenda como um motorista ainda antes que a idéia de turismo existisse na região. Então, em 1987, quando o Refúgio Ecológico Caiman iniciou sua operação turística, ele teve a chance de trabalhar como um guia de campo. Mesmo sem ter binóculos ou livros de aves, ele continuamente impressionava os observadores de aves que se hospedavam na fazenda. Um visitante especial o equipou com um binóculo e um livro de aves, e desde então ele se tornou um dos mais reconhecidos guias de observação de aves da America do Sul. Sua experiência e conhecimento da área ajuda muito na sua profissão. Victor sabe onde encontrar as aves que você deseja ver!  Victor foi um grande exemplo de dedicação e auto-aprendizado, e agora, outros guias nativos estão se interessando mais em aprender sobre as aves e seus comportamentos, resultando em uma equipe de guias muito promissora.

Quando é a melhor época?  A observação de aves no Pantanal é boa durante o ano todo. A maioria das aves são residentes, e muitas se movimentam dentro do Pantanal de acordo com o nível da água. Os melhores períodos estão entre Fevereiro a Junho, quando a água está baixando e há uma grande concentração de aves nos lagos que estão secando, e em Setembro a Novembro, quando é a estação de reprodução.  É importante lembrar que de Julho a Outubro é a alta estação no Pantanal, assim, as reservas devem ser feitas com boa antecedência e alguns arranjos especiais não são sempre possíveis. Contate nossa Central de Reservas para mais informações sobre reservas.

Programas – Durante os passeios regulares, todos os guias ficarão felizes de lhe mostrar a imensa variedade das aves grandes e coloridas encontradas nos mais diferentes habitats da fazenda. Mas se você ainda tiver um profundo interesse de conhecer as aves mais elusivas, há ainda outras duas maneiras de observar aves no Refúgio Ecológico Caiman.

Observadores individuais – Se você não está vindo em um grupo, é possível reservar nosso passeio opcional de observação de aves, e ter um guia de observação de aves para lhe mostrar as aves mais incríveis. Esta atividade dura meio período, manhã ou tarde, e uma lista de aves é fornecida.

Pequenos grupos – Grupos que tenham interesse específico em observação de aves e não formam o número mínimo recomendado de dez pessoas, sugerimos a contratação de um guia privativo que pode ser feito através da Central de reservas do hotel.

Grupos acima de 10 pessoas – Para grupos acima de 10 pessoas é possível desenvolver, antecipadamente, um programa exclusivo para observação de aves. É importante mencionar previamente em seu processo de reserva o interesse em observação de aves.

dia

Receptivo no Aeroporto de Campo Grande (MS) e transfer para Pousada Caiman. Chegada durante a tarde. Caminhada ao redor da Pousada para observar as primeiras aves, as mais comuns, porém não menos especiais, uma vez que desde o primeiro momento podemos observar casais da maravilhosa Arara-azul. Também será possível ver os Príncipes-negros, Quero-queros, Curicacas do pescoço-amarelo e pantaneira, e as Tachas. A noite, após um jantar de boas vindas, os guias apresentarão uma seção de slides sobre o Pantanal e suas belezas.

dia

O dia começa cedo, com um café da manhã, antes do amanhecer, e a realização de um safári fotográfico em veículos adaptados pela estrada norte a procura dos primeiros nambus, como os jaós e nambus-xororós. Também será possível encontrar vários bandos mistos, como Saíras-de-chapéu-preto, Figuinha-bicuda, vários papa-moscas e arapaçus. Após o almoço que é realizado no restaurante da Pousada, e um pequeno descanso e lanche, o grupo retorna a observação de aves seguindo por outro trajeto, a estrada leste que leva em direção a Pousada Baiazinha. Ao redor desta pousada há uma grande região alagável, quando em algumas épocas do ano nós podemos observar o João-pinto-do-brejo, uma das espécies mais incríveis, com seu capuz escarlate. Neste mesmo trajeto poderão avistar Gralhas-pantaneiras, Arapaçus-do-campo, Caneleiro-verde e o João-bobo. No retorno, no escurecer, tentativas de atrair espécies serão realizadas através de cantos.

dia

Começando cedo novamente, farão um safári pelo grande circuito, uma conexão entre as duas estradas principais, passando por habitats muito diferentes. Neste passeio, poderão ter a sorte de observar o Periquitinho-da-serra, uma espécie muito interessante por ter sua área de distribuição bastante restrita. Tentarão observar as Ararinhas-de-colar, Arapaçu-do-bico-torto, Gavião-pernilongo, Gavião-caramujeiro, Rolinha-vaqueira e o especial símbolo do Pantanal, o Tuiuiú. A tarde, serão exploradas as áreas mais altas da fazenda, onde possivelmente encontrarão um dormitório de Urutau e Mãe-da-lua-gigante. E no final da tarde, se o grupo continuar com sorte, avistará próximo a entrada da fazenda Seriemas.

dia

Após o café da manhã, o grupo irá a uma região próxima a Reserva Particular do Patrimônio Natural. Esta região é diferente de outras áreas de florestas, pois nunca alaga. Assim, as árvores são diferentes e conseqüentemente as aves também. Procurarão pelo Tico-tico-de-bico-amarelo, Tico-tico-rei, Petrim, Canário-do-mato e várias outras espécies de aves de sub-bosque. Após o almoço na pousada, caminharão por uma trilha próxima ao lago, procurando por uma espécie de papa-formiga, a Choca-do-mato-grosso. Outras possibilidades de observação são os Martins-pescadores-da-mata e Anão, o Alma-de-gato-pequeno, Pica-pau-velho e o Arapapá.

dia

Esta manhã será dedicada a encontrar uma das espécies mais especiais da fazenda, o único Pica-pau-da-testa-branca. Esta ave é relativamente comum na Bolívia e no Paraguai, mas no Brasil, pode ser avistada em pouquíssimos lugares, sendo a Caiman um dos lugares privilegiados. Nesta área que ele geralmente aparece também é ótima para observar bandos-mistos, incluindo a Choro-olho-de-fogo, a Choca-barrada e o Papa-formigas-vermelho. Saída para embarque no Aeroporto de Campo Grande.

FOTOS e DESCRIÇÃO

Passeios Disponíveis
Clique aqui para ver mais passseios

Hotéis Disponíveis
Clique aqui para ver mais hotéis

Destinos Disponíveis
Clique aqui para ver mais destinos